Os diretórios e arquivos de seu diretório raíz:

/web: Este é seu diretório para a Web. Coloque aqui todos os diretórios e arquivos para a Web.
   As páginas aqui colocadas são as que ficarão visíveis a quem acessar seu site pelo seu endereço. Para acessar este diretório, suba dois níveis em relação ao diretório default que é /nomedousuário/web e clique no diretório "web" que está ao lado de mais três diretórios (pastas): "users" , "logs" e "certs".                                          

/users: Este é o diretório onde aparecerão  os usuários que você adicionar.                                

/logs: Este é o diretório que guarda a história de "entradas" e "saídas" em seu site.

/users/nome do usuário/web: Este é o diretório para as páginas web de um usuário específico de seu site. As páginas colocadas aqui são visíveis no endereço www.seusite.com/users/nomedousuario

Sistema Operacional: Linux Red-Hat
Perl: 5.005

Caminho correto para os softwares e utilitários do Linux:

perl5: /usr/bin/perl
sendmail: /usr/lib/sendmail
date: /bin/date


Caminhos internos do site:

Usando o site exemplo.com como demonstração:

Diretório Raiz: /
WWW: /web
Usuário "exemplo": /users/exemplo

Configurações gerais de e-mail, FTP:

Assumindo que seu domínio seja exemplo.com

Smtp:www.exemplo.com (ou, preferivelmente o mesmo de seu provedor de acesso)
Pop3:
:www.exemplo.com
Login: exemplo
Password: depende de que senha foi solicitada ao serviço de suporte.
Host: exemplo.com (ou o número IP, caso o domínio não esteja registrado)

Nameservers (DNS):

Master: ns.redemail.com.br - 64.65.17.247
Slave 1: ns2.redemail.com.br - 64.65.18.163

Rodando seus próprios scripts CGI:

Coloque seus scripts em qualquer diretório de seu site.

Para colocar scripts é necessário usar a extensão .cgi ou .pl , e dar a permissão chmod 775. Para isso, entre por ftp em seu site (seusite.com), forneça username e senha, entre no diretório onde colocou o script. Altere então as propriedades do arquivo .cgi ou .pl (chmod 775) nome-do-script.cgi . Um programa que faz isto com facilidade é o CuteFTP da Globalscape.

Para instalar scripts adquiridos de outros sites, são importantes as seguintes informações:

Na primeira linha do script existe uma linha chamada "#!/usr/local/bin/perl". Altere-a para "#!/usr/bin/perl" se necessário.

Se for pedido o path para o script que você está instalando, significa o caminho que o sistema operacional deverá chamar para executar o script. Considerando que o seu diretório raiz é /home/seusite/, e que o script está no diretório Web programa, com o nome script.cgi, você o chamará como /home/seusite/web/programa/script.cgi

IMPORTANTE! Arquivos texto (cgi, txt, logs, html, etc) devem ser enviados em modo ASCII. Arquivos binários (gif, jpeg, zip, etc) devem ser enviados em modo BINARY... Na dúvida, deixe seu programa de FTP com a opção de envio de arquivos configurada para "auto".

Acessando o Painel Web exclusivo:

Simplesmente acesse www.seusite.com/siteadmin. Somente o usuário inicial a ser criado (site administrator) tem este privilégio, desde que esteja de posse de sua senha. Em caso de extrema necessidade, solicite ao suporte@redemail.com.br que autorizará um segundo usuário a poder administrar o site desta forma.

Adicionando usuários (com suas respectivas contas de email):

 Acesse www.seusite.com/siteadmin e clique em "Add user". A Redemail reserva-se o direito de substituir um usuário criado caso seu username seja um já utilizado por um dos nossos técnicos de manutenção do servidor.

Criando sua própria mensagem de férias (resposta automática de email):

Simplesmente acesse www.seusite.com/siteadmin e, após digitar seu username e sua senha, clique no ícone do envelope. Somente o usuário principal do site (site administrator) pode fazê-lo.

Verificando estatísticas para seu site:

Simplesmente acesse www.seusite.com/siteadmin e clique no botão à esquerda chamado "Site Usage". Apenas o usuário administrador, com sua respectiva senha pode acessar este Painel Web.


Protegendo diretórios web com senha:

É possível que você queira proteger diretórios ou arquivos confidenciais de sua empresa de tal forma que, apenas os conhecedores da senha possam visualizar seu conteúdo. Como você é seu próprio administrador web, esse processo pode ser feito por você mesmo.

Crie um arquivo chamado .htaccess no diretório em que você quer proteger, que conterá o seguinte texto:

AuthUserFile /home/seulogin/.htpasswd
AuthGroupFile /dev/null
AuthName Diretorio_Protegido
AuthType Basic
<Limit GET POST>
require user fulano
</Limit>

Depois, em seu diretório home (/web), digite htpasswd -c .htpasswd fulano.
Este comando fará com que o arquivo de senhas chamado .htpasswd seja criado, e o usuário fulano seja adicionado ao mesmo. Podem ser usado outro nome ao invés de .htpasswd, e este poderá estar em qualquer outro diretório, desde que as devidas alterações sejam feitas no arquivo .htaccess, no que se refere ao caminho de chamada do arquivo de senhas. Caso você não tenha acesso via Telnet, solicite que este passo seja realizado pela Redemail (suporte@redemail.com.br).

Não use o parâmetro -c após o arquivo estar criado, ou isso apagará os usuários já cadastrados.

Você pode também habilitar todos os usuários inscritos em seu arquivo .htpasswd a verem o conteúdo de um diretório. Para tal, apenas troque a linha require user fulano para require valid-user no arquivo .htaccess e qualquer usuário inscrito em .htpasswd estará apto a transitar pelo diretório.

Dúvidas: suporte@redemail.com.br 

PRINCIPAL | SERVIÇOS | SUPORTE | EMPRESA | ASSINE | CLIENTES

Copyright © 2001 Redemail Registro e Hospedagem de Sites. Todos os direitos reservados.